Voluntários Sem Fronteiras

 

vsf-imgFazer parte do programa Voluntários Sem Fronteiras é usar seus dons e talentos para apoiar o trabalho missionário em um dos mais de 85 países onde atuamos. Você pode viajar sozinho, ou com um grupo de irmãos de sua igreja. Além disso, frequentemente, Missões Mundiais organiza caravanas que impactam nações com atividades nas áreas de educação, saúde, capelania, assistência social, esportes, recreação, entre outras.

Voluntários de todo o Brasil já apoiaram a obra missionária mundial com seus dons e talentos na Ásia, África, Europa e América. Caravanas também testemunharam o amor de Deus em grandes eventos como os Jogos Pan-Americanos, Copa do Mundo e Olimpíadas. Você também pode viver uma experiência abençoadora para você e para o povo que irá recebê-lo.

Perfil do voluntário sem fronteiras

  • Estar pronto a doar tempo, trabalho e talento de forma voluntária, sem receber remuneração.
  • Ter boa saúde física, mental e psicológica.
  • Ter idade mínima de 16 anos até a data da viagem.
  • Ter completado, pelo menos, o Ensino Médio.


 

Tour of Hope

Este é um braço do Voluntários Sem Fronteiras. O objetivo do Tour of Hope  é evangelizar em países afetados por catástrofes e em locais fechados ao cristianismo. Para isso, estão convocados profissionais voluntários das áreas de esporte, educação e saúde.

Como tudo começou

voluntarios-tourEm 2008, com a tragédia do ciclone em Mianmar, as portas que estavam fechadas até mesmo para a Cruz Vermelha e a ONU foram abertas para uma equipe de futebol brasileira. Missões Mundiais, em parceria com a organização Atletas de Cristo, levou uma equipe de alto nível para a realização de jogos beneficentes em quatro países asiáticos: Tailândia, Mianmar, Vietnã e Malásia. No Vietnã, o jogo contra a seleção do país foi visto por 10 milhões de telespectadores. Graças aos jogos realizados em Mianmar, após o retorno de nossa equipe, missionários médicos e enfermeiros puderam entrar e realizar seus trabalhos.

No ano seguinte, uma nova equipe de futebol visitou cinco países da África: Quênia, Uganda, Burundi, Madagascar e África do Sul onde realizou jogos contra seleções nacionais , com estádios lotados e transmissão de TV.

Atuando também em situação de catástrofes naturais, os voluntários do Tour of Hope estiveram auxiliando o Haiti, após o terremoto que atingiu o país, e o Japão, que sofreu com um tsunami em 2011.

Perfil

Atletas, médicos, enfermeiros e educadores têm o perfil ideal para participar das caravanas missionárias do Tour of Hope.

Como me tornar um Voluntário Sem Fronteiras?

Para participar de uma viagem do programa Voluntários Sem Fronteiras, você deve preencher nosso formulário de pré-inscrição. Em seguida, faremos um contato inicial, onde tiraremos suas dúvidas quanto aos detalhes da viagem.

Todas as despesas decorrentes da viagem são de responsabilidade do voluntário, podendo ser apoiado por sua igreja e amigos. A JMM ajudará na assessoria do processo.

Contato – voluntarios@jmm.org.br

Clique e faça sua pré-inscrição