Um lugar de paz

18 de setembro de 2018

Missões Mundiais, por meio do projeto Lar da Paz, alegra muitas crianças no Sul da Ásia. O programa consiste em amar, cuidar dos carentes, órfãs, pobres e abandonados na região. Os missionários que atuam nessa área vivem experiências lindas com meninos e meninas atendidos pelo projeto.

Crianças que chegaram ao Lar da Paz, ainda bem pequenas, hoje estão na universidade, no seminário, ou em outra atividade. A maioria em busca de conhecimento e desenvolvimento profissional e pessoal.

Uma das meninas, que está no último ano da escola, queria desistir de seus estudos por conta da dificuldade na matéria de economia, não tinha mais esperanças de aprender. Agora, com aulas de reforço, acredita que vai melhorar nessa matéria. Em maio, essa jovem, completou 17 anos de idade; ela chegou ao Lar com dois anos e meio. O pai faleceu e a mãe, que se prostitui, desprezava a menina. Com apenas dois anos de idade, essa jovem foi abusada por dois meninos da favela onde vivia e logo, após esse episódio, chegou ao Lar da Paz.

“É muito bom acompanhar o crescimento e ver como Deus a resgatou. Por favor, ore por ela, para que Jesus a proteja e para que cresça nos caminhos do Senhor”, pede a missionária Camila Marques que atua na região.

Os adolescentes e jovens do Lar da Paz têm participado de treinamentos para entrevistas de emprego, o que tem ajudado no desenvolvimento e apresentação de cada um. Durante as férias, uma das jovens do Lar, que está na faculdade, conseguiu estagiar em uma empresa de seguros, obtendo o certificado de estágio. Outra jovem, que estuda Psicologia, também estagiou num lar infantil.

“Apesar das perseguições e ameaças, Deus nos oferece oportunidades de compartilhar do seu amor aos perdidos. Que Deus continue a nos usar para abençoar as crianças, jovens e adolescentes”, declara Camila.

Mesmo com dificuldades, por ser localizado em um ambiente hostil ao Evangelho e de grande injustiça social, que afeta principalmente as mulheres e crianças, o Lar da Paz é um lugar de abrigo e esperança para os carentes de amor e de cuidados. Ore pelo projeto e contribua para a expansão do reino do Deus no Sul da Ásia.

colaboração: Ana Jhuly Stellet

ADOTE ESTE PROJETO MISSIONÁRIO


Comente o Artigo

O seu endereço de email não será publicado.