Relato de bênção

9 de agosto de 2018

Na Europa, começou o tão esperado período do verão. Aproveitando essa estação do ano, na Igreja de Vigevano, planejamos para o início deste mês um dia de lazer para aprofundar a comunhão entre os irmãos e testemunhar do Evangelho aos familiares que sempre participam das atividades conosco. Antes de iniciar o período de calor, realizamos em junho o último Chá de Mulheres, que desde o início alcança muitas moças no país.

Os encontros com as mulheres começaram em novembro do ano passado e são feitos a cada dois meses. Nesses encontros temos sempre a presença de mulheres não crentes, que encontram ali apoio e oportunidade para expor dificuldades pessoais que carregam, mas que na maioria das vezes não têm com quem compartilhar.

A mulher italiana vive num ambiente em que é muito cobrada. Seja no trabalho, na sociedade ou na família, sem contar as demandas impostas sobre ela de uma cultura que privilegia a beleza e fomenta a independência e a competição. Um dos dramas que assola as mulheres na Itália é o crescente número de casos de abusos físicos e emocionais por parte dos seus próprios companheiros e, com isso, o feminicídio aumenta no país. Por isso é muito importante ouvir cada uma delas. Saber suas histórias, conflitos, preocupações e assim criar este vinculo de confiança e sustento emocional entre elas.

A estratégia de reuni-las nesses encontros é adotada com o objetivo de fortalecer as mulheres da igreja que não têm momentos para encontrar com as outras irmãs para uma boa conversa. Também para mostrar-lhes que momentos como esses são verdadeiras oportunidades para evangelizar as amigas de uma forma natural, num ambiente de total descontração.

O trabalho na Itália cresce mais entre as mulheres e as crianças que entre os homens. Por este motivo, desde o início o foco na evangelização de mulheres foi um dos principais objetivos quando pensamos em um evento para esse verão. Mesmo sendo um período em que muitos viajam, e a igreja tem a sua frequência reduzida, continuaremos as nossas atividades normalmente.

Estamos nos preparando, também, para receber um grupo de voluntários no final de setembro. Oramos para que essa mobilização missionária alcance muitas vidas e contribua para o despertamento e o crescimento da nossa igreja.

Convidamos você e a sua igreja a se juntarem em oração pelo planejamento das atividades desse verão; pela semana missionária de setembro; pela estratégia do chá das mulheres e pelos demais alvos e planos da igreja para este ano.

Pr. Luiz Cláudio Marteletto
Missionário na Itália



Comente o Artigo

O seu endereço de email não será publicado.