Radical Haiti: participe da nova turma

9 de maio de 2017

O programa Radical enviou a terceira turma do projeto para o Haiti, e se você tem entre 18 e 30 anos, mat_radical-haiti-2018_inscricoes-prorrogadasensino médio completo, pertence à mesma igreja batista há pelo menos dois anos, e quer fazer a diferença no campo com a sua vocação, pode participar do processo seletivo para a próxima turma do Radical Haiti. As inscrições foram prorrogadas até segunda-feira (15) no e-mail crh@jmm.org.br.

Conheça cinco motivos para você ser um Radical.

Saiba mais sobre o programa Radical.

De fato, as inscrições para o programa Radical duram todo o ano, mas se você quiser participar já no ano que vem da quarta turma do Radical Haiti, é preciso cumprir o prazo de 15 de maio.

O atual formato do programa é direcionado para moças e rapazes solteiros, com idade entre 18 e 30 anos e membros, há pelo menos dois anos, de uma igreja batista. Os selecionados passam por um treinamento no Brasil e os comissionados são enviados ao campo por um período mínimo de 1 ano e no máximo 4 anos. São jovens com perfis que compreendem o caráter de sua formação e habilidades dentro das áreas de saúde, educação, esportes, cultura, entre outras. No campo, o missionário Radical apoia nossos projetos, de acordo com o seu perfil, e é supervisionado diretamente por um missionário efetivo.

O Programa Radical possui cinco projetos: África, Ásia, Haiti, Latino-Americano e Luso-Africano. Todos exigem o ensino médio como escolaridade mínima, com exceção do Radical Ásia, cujo candidato deve ter o ensino superior completo, e o Latino-Americano, que exige pelo menos o ensino superior em andamento.

Segundo o coordenador do programa, Fernando Santos, a experiência é repetida para todos os Radicais que já participaram, proporciona uma vivência intensa de quem o Radical é e o que ele pode fazer.

“Uma compreensão profunda da sua experiência e daquilo em que efetivamente ele, como cristão missionário, pode atuar e influenciar o mundo. Os resultados são que muitos vencem complexos, compreendem melhor a bíblia como ferramenta de Deus e sustento para a alma. Caso em sua região a evangelização não é bem explorada, descobrem também formas de discipulados, evangelização e acompanhamento pessoal e o maior deles: relacionamentos”, diz Fernando.

Se o seu perfil não é o de um missionário Radical, mas você deseja fazer parte desta missão, ajude a identificar vocacionados para o programa Radical e o ajude com sustento e oração. Clique no botão abaixo e adote o programa Radical.

por Willy Rangel

ADOTE O PROGRAMA RADICAL


6 respostas para “Radical Haiti: participe da nova turma”

  1. Ana disse:

    Somente até os 30, eu tenho 33 anos e me identifico com o projeto missionário radical.

  2. Lays disse:

    Quando termina as inscrições do Radical Luso- Africano?

  3. Roberto Gualtolini disse:

    tenho 60 anos e quero ser missionario na africa

Comente o Artigo

O seu endereço de email não será publicado.