Na Bolívia, código penal é revogado

22 de janeiro de 2018.

Com intuito de evitar mais protestos, o presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou neste domingo (21) que vai enviar nota à Assembleia Legislativa para revogar por completo o Código do Sistema Penal Criminal. Lideranças religiosas, médicos, imprensa entre outros profissionais bolivianos protestaram contra o novo código. No decreto, que foi proposto em dezembro de 2017, o presidente prevê uma série de mudanças na legislação do país. Uma delas diz respeito a líderes religiosos, onde Evo Morales caracteriza como crime “o recrutamento de pessoas para participação em organizações religiosas ou de culto”, prevendo prisão de 7 a 12 anos para quem for pego evangelizando.

Trouxemos a questão ao público brasileiro e vários irmãos se propuseram a orar pela liberdade religiosa na Bolívia, já que se o novo código penal fosse à frente, o trabalho missionário na Bolívia estaria ameaçado.

Segundo o nosso coordenador missionário para a América, Pr Ruy Oliveira, Missões Mundiais segue acompanhando os desdobramentos do novo código penal, que entre muitos tópicos polêmicos apresenta um em especial que tem trazido preocupação e inquietude por abrir margem em comprometer a atuação de igrejas e organizações cristãs em suas atividades no país.

“Neste domingo foi o próprio presidente que publicou mensagem no Twitter dizendo que iria suspender o novo código. Na manhã desta segunda, a notícia já estava sendo publicada em jornais do país”, conta o Pr Ruy Oliveira.

O pastor revela ainda que neste fim de semana, Missões Mundiais mobilizou seus obreiros das Américas e as frentes missionárias nas quais estão envolvidos a levantarem um clamor pela Bolívia.

“Louvamos a Deus por esta decisão e seguimos orando para que não se estabeleça qualquer restrição ou perseguição religiosa no país”, diz.

Continue orando por esta situação. Queremos seguir anunciando o grande EU SOU na Bolívia e em todas as nações. E que nenhum regime político, homem ou qualquer outra condição adversa atrapalhe nossa missão de levar a verdadeira esperança aos povos.

por Marcia Pinheiro



Uma resposta para “Na Bolívia, código penal é revogado”

  1. Victor Hugo Ramallo disse:

    Estimado artículista. As cosas não são exatamente assim. Estou na Bolívia e, se você quiser, posso te dar mais informações. Entre em contato.

Comente o Artigo

O seu endereço de email não será publicado.