Fé que permanece

11 de maio de 2018.

Quero agradecer pela oportunidade de estar no Brasil, conhecendo igrejas que há 20 anos apoiam o nosso ministério no Sul da Ásia. Foi maravilhoso ver o rosto de pessoas que oram e ofertam para que vidas sejam salvas para Cristo. Vidas como a de uma jovem que perdeu seus dedos, mas não a sua fé.

Quando ela se converteu, seu sogro queria colocar as mãos dela dentro do óleo quente. O fato de ela ter aceitado a Jesus Cristo como Senhor de sua vida a fez sofrer duras perseguições dentro da sua própria casa.  Seu sogro a proibia de orar dentro de casa e dizia: “Você tem que rejeitar esse Deus”. Mas ela seguiu orando.

Insatisfeito com a escolha da nora, que deixou a idolatria a vários deuses hindus para seguir ao único e verdadeiro Deus, o sogro colocou as mãos da jovem no óleo quente. Nossa irmã em Cristo perdeu oito dedos, mas seguiu adorando a Deus. Ela não perdeu a alegria de servir a Jesus.

A sua fidelidade ao Evangelho e bom testemunho fizeram com que seu marido e filho também tomassem a decisão de seguir a Cristo e serem batizados. Ela não se importa por ter perdido os dedos, pois tem a certeza de que irá para o céu, viver uma vida eterna. “Eu posso perder toda a minha mão, mas eu não posso aceitar ficar sem Deus”, diz a nossa amiga.

Por causa dessa família, a vila onde eles moram também começou a crer em Jesus. Eles têm se dedicado a anunciar o grande EU SOU por todos os lugares que passam. Hoje, o marido é pastor em seis igrejas. Tudo isso acontece porque você ora e oferta para o avanço do Evangelho no Sul da Ásia.

Mesmo com toda perseguição que sofremos, nós somos encorajados a ir e pregar o Evangelho. As lutas são diárias. Nosso meio de transporte, por exemplo, é a moto e a bicicleta, porque por lá as ruas são esburacadas e se usarmos um carro é certo que o pneu irá furar. Como chegamos a percorrer até 40 km para evangelizar, a única alternativa são os veículos leves. As orações das igrejas brasileiras é que nos motivam a fazer isso todos os dias.

Foi abençoador visitar igrejas no Brasil e mostrar o que Deus está fazendo em nosso país. Obrigado por suas orações.

 

Pr. David Duarte, obreiro da terra no Sul da Ásia

 

APOIE A OBRA MISSIONÁRIA NO SUL DA ÁSIA


Comente o Artigo

O seu endereço de email não será publicado.