Culto especial

6 de setembro de 2018

Nesta quinta-feira (6) o culto semanal dos colaboradores da sede de Missões Mundiais contou com a presença virtual dos mobilizadores e de coordenadores missionários que estão nos campos. Ao final, nosso diretor executivo, Pr. João Marcos Barreto Soares, deu uma palavra especial. Mas antes, por meio de videoconferência, o Pr. Jessé Carvalho, coordenador dos missionários no Norte da África e Oriente Médio, falou um pouco sobre o trabalho desenvolvido com refugiados.

“A gente sempre ouve falar muito sobre os refugiados na Europa, sobre as pessoas que estão imigrando para a Europa e as dificuldades. Mas a verdade é que existem muito mais refugiados no Oriente Médio e são os que têm menos oportunidades de trabalhar, ou de ter o filho na escola. Por isso muita gente tem se mobilizado para oferecer-lhes esse tipo de ajuda. Através dos projetos desenvolvidos por Missões Mundiais, temos a oportunidade de realizar estudos bíblicos, passar vídeos e vemos resultados de muçulmanos se convertendo a Jesus”, declara o Pr. Jessé.

Depois da palavra, o coordenador teve um momento de oração pelos projetos e pelas vidas convertidas a Cristo. Logo em seguida, o Pr. João Marcos trouxe uma mensagem baseada no livro de Atos 11.19. Falou sobre a igreja em Antioquia e destacou que somos cristãos por identificação.

Ele falou também sobre a importância de pessoas irem para o campo missionário, pois o Espírito usa pessoas.

“Sempre, o Espírito Santo usa gente. Você nunca vai ouvir ‘O Espirito Santo fez surgir um prato de macarrão pra eu servir um refugiado’. A maior oferta que a igreja pode dar são pessoas. Por isso é gratificante ver os missionários Radicais e voluntários seguindo aos campos”, falou o diretor executivo de Missões Mundiais.

O culto semanal também é um momento de comunhão e interação entre os colaboradores. Ore por nossa sede, por cada setor e cada um que trabalha nessa causa de levar o verdadeiro amor a todas as nações.

 

colaboração: Ana Jhuly Stellet

ADOTE UM PROJETO MISSIONÁRIO


Comente o Artigo

O seu endereço de email não será publicado.