Compromisso para proteger crianças

18 de novembro de 2015

O risco de exploração e maus-tratos a crianças e adolescentes são uma triste realidade que há tempos faz parte de sociedades em todo lugar. Lidando diretamente com esse público e com a experiência de há quase 15 anos estar na coordenação do PEPE (programa socioeducativo), a missionária Terezinha Candieiro foi a responsável por apresentar aos colaboradores da sede da JMM, no Rio de Janeiro, a nova Política de Proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA).

Segundo Terezinha, que durante dois anos participou da elaboração da PPCA juntamente com a coordenadora de Recursos Humanos, Doris Nieto, e do coordenador de Missões Mundiais para as Américas, Pr. Ruy Oliveira Jr., a justificativa desse documento, além de legal, é bíblica.

“Esse é um passo muito importante para a JMM, pois formaliza o que já realizamos na prática”, afirmou. “Além disso, introduz também novos conteúdos e novas formas de proteção das crianças”, acrescenta.

Terezinha fez os colaboradores refletirem sobre como cada um pode melhor servir a Deus através de suas atividades de forma a que tudo o que façam possa estar de acordo com a nova PPCA.

“Queremos ser excelência na maneira de servir a Deus nos campos. Será que mat_PPCA_colaboradores-lendoestamos atendendo aos padrões de proteção da criança e do adolescente? Para construir a PPCA, pesquisamos vários materiais, observamos experiências de outras organizações internacionais até que, olhando para nosso contexto, chegamos a esse documento final”, diz Terezinha, que destaca que o PEPE já possui uma política semelhante desde 2007.

A missionária finalizou citando princípios bíblicos que nortearam a redação da PPCA, simplesmente “tudo o que Jesus já fazia nos tempos do Novo Testamento. E vários princípios já existem desde o Antigo Testamento”.

“Só que para nossa sociedade, parece algo novo, mas estamos ressignificando, dando novos nomes. O desafio agora é agirmos com esperança de que é possível transformar as realidades com a graça de Jesus desenvolvendo nossos ministérios com excelência, a fim de que se reduzem e minimizem os casos de violência contra a criança e o adolescente”, concluiu.

por Willy Rangel

ADOTE UM MISSIONÁRIO OU PROJETO


2 respostas para “Compromisso para proteger crianças”

  1. […] O risco de exploração e maus-tratos a crianças e adolescentes são uma triste realidade que há tempos faz parte de sociedades em todo lugar. Lidando diretamente com esse público e com a experiência de há quase 15 anos estar na coordenação do PEPE (programa socioeducativo), a missionária Terezinha Candieiro foi a responsável por apresentar aos colaboradores da sede da JMM, no Rio de Janeiro, a nova Política de Proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA). […]

Comente o Artigo

O seu endereço de email não será publicado.