Caribe: transmissão do DNA missionário

17 de maio de 2017

Durante o último mês, as igrejas de um país do Caribe se reuniram para cumprir uma série de exigências à formação de uma agência missionária de atuação nos campos estrangeiros. É o que nos informou o missionário Augusto Lima, que participou dos desses encontros. É uma nova fase do projeto DNA missionário, através do qual Missões Mundiais apoia na transmissão de conhecimento e experiência na formação de novas agências missionárias na América Latina.

“A princípio, buscamos nos esforçar para a criação conjunta de uma estrutura mínima de envio de missionários transculturais, tanto a longo quanto a curto prazos”, afirma Augusto, desde 2015 no campo caribenho. “Ficou clara a necessidade de trabalhar seis áreas vitais desse projeto: mobilização de igrejas, processo seletivo de missionários, capacitação dos futuros obreiros transculturais e envio ao campo, cuidado pastoral, administração e finanças”, explica.

Os primeiros candidatos a missionários da futura agência missionária transcultural serão entrevistados ainda este mês e, terminado esse processo, será marcada uma data para o início da formação da primeira turma de obreiros.

Uma realidade que precisa ser mudada é o fato de muitas igrejas locais olharem apenas para suas vizinhanças. Segundo Augusto, tanto os líderes de missões distritais e provinciais reconhecem que isso será um grande desafio, pois a ênfase está em programas locais de evangelização, e as muitas limitações econômicas produzidas pelo regime condicionaram pastores e líderes a não pensarem globalmente.

Augusto finaliza pedindo oração por sabedoria no auxílio da configuração da nova agência de missões transculturais no Caribe.

“Sabemos que individualmente nunca poderemos alcançar o mundo todo, nem conseguiremos responder às necessidades humanas em toda parte. Sigamos juntos, pois estamos envolvidos no maior projeto de redenção da história”, conclui Augusto.

por Willy Rangel

ADOTE ESTE MISSIONÁRIO


Comente o Artigo

O seu endereço de email não será publicado.