Acampamento da JMM em Pernambuco

14 de fevereiro de 2017

Missões Mundiais promoveu de 3 a 5 de fevereiro, em Camaragibe/PE, o acampamento de promotores da Região Nordeste mat_acampamento_pernambuco_fev2017_todos2017. O encontro aconteceu no Centro Batista de Treinamento e Lazer e contou com a participação de 160 promotores voluntários de missões de igrejas dos estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas e Sergipe.

Abraçando o tema “Leve esperança até que Ele venha”, o acampamento buscou oferecer aos participantes “ferramentas para ajudá-los na promoção na sua igreja local”, explica o Pr. João Marcos Florentino, missionário mobilizador da JMM. Na ocasião, foram discutidas técnicas e metodologias para a melhor aplicação do kit da campanha, de forma a potencializar seu uso e seu alcance evangelizador.

O acampamento também ofereceu a oportunidade de ter contato diretamente com missionários da JMM e assim “conhecer a realidade do campo missionário”, reforça Pr. Florentino.

“É um encontro onde trabalhamos o coração deles para que possam mobilizar a igreja”, diz.

De acordo com o Pr. Adriano Borges, também mobilizador da JMM, “muitos de nós não temos as informações reais do que ocorre no campo. Então, quando o missionário chega e fala de todo esse contexto, isso enriquece muito o promotor”.

Participaram o missionário Caleb Mubarak (Oriente Médio), Silvia Lima (Radical África) e o casal Abinadabe e Mirella Pires, da IB Capunga (Recife/PE) e ambos médicos que atuaram em viagens do Tour of Hope.

“A figura do promotor é fundamental para que a gente tenha forças”, como também para “tirar realmente as pessoas do banco da igreja para estarem indo e fazer missões”, enfatiza Mirella.

Para Abinadabe, “só o amor de Deus para fazer com que a gente saia do conforto do nosso lar, do amparo da família, da terra que a gente conhece, da língua que a gente fala para uma terra totalmente desconhecida em nome do Senhor Jesus, para levar o amor dele”.

Também estiveram presentes os pastores Israel Guerra Filho (segundo vice-presidente da Convenção Batista de Pernambuco), Maurício Manoel (coordenador de Missões Estaduais da Convenção Batista de Pernambuco), Jonas Bispo (secretário executivo da Convenção Batista Alagoana) e João Félix (coordenador de Missões da Convenção Batista Paraibana).

A JMM trabalha com quatro pilares: orar, ofertar, ir e mobilizar. E é na figura do promotor que isso se torna possível a partir da realidade da igreja local.

“Eles precisam ser a nossa voz, o nosso coração, os nossos desafios. Eles precisam ser o rosto da JMM. Nós encaramos o promotor como um missionário nosso, fazendo missões no Brasil, para que missionários possam ir pelo mundo desenvolver o seu chamado de tempo integral”, avalia o Pr. Alípio Coutinho, coordenador de Promoção e Mobilização Missionária da JMM.

Durante todo o evento, os participantes foram desafiados a interceder por missões em todo o mundo, ouviram palestras e testemunhos edificantes e puderam ficar por dentro dos desafios e conquistas da JMM.

“Está sendo muito importante para mim, pois é uma oportunidade de reacender a chama de missões e levar para nossas igrejas essa importância”, reflete Mariza Ferreira, da IB Queimadas/PB.

“É um despertar. Estamos vivenciando experiências únicas, e eu acredito que assim nós vamos poder levar nossa igreja a vivenciar missões”, reforça Renata Marinho, da PIB Carpina/PE.

“Nós consideramos o promotor de missões na igreja como aquele que alimenta os corações dos que amam missões”, finaliza Pr. Adriano Borges.

texto: Assessoria de Comunicação da Convenção Batista de Pernambuco
foto: Paula Basso

ADOTE UM MISSIONÁRIO OU PROJETO


Comente o Artigo

O seu endereço de email não será publicado.