A criança, o PEPE e a família

13 de outubro de 2017

Nesta semana do Dia da Criança, compartilhamos uma história inspiradora que aconteceu há alguns anos do PEPE (programa socioeducativo mat_pepe-colombia_criancaspromovido por Missões Mundiais) na Colômbia.

Norida é a mãe de um pepito (como são chamadas as crianças do PEPE) que se converteu em 2013, foi discipulada, batizada e se tornou missionária-educadora na unidade da cidade de Carepa. Ela compartilha, muito feliz, o quanto é grata porque, através do PEPE, o filho mais velho dela, Andrés, conheceu a Jesus e levou a mensagem do Evangelho para dentro de casa.

Cada vez que Andrés voltava para casa, contava o que tinha aprendido, inclusive as canções e histórias bíblicas. Norida disse que muitas vezes o filho a encontrava deprimida ou nervosa, afirmando-lhe que ela tinha que entregar a vida a Jesus para ser feliz.

Um dia, Andrés chegou em casa, e viu a mãe bastante alterada e desejando morrer. O pepito disse que, se ela morresse sem Jesus naquele momento, nunca mais veria o filho, porque ele vai para o céu, mas ela iria para o inferno. Assustada com a história, Norida procurou o pastor, e assim conheceu e entregou a vida a Jesus. Agora ela também tem uma nova vida em Cristo.

O filho mais novo de Norida também passou pelo PEPE porque, segundo ela, “não tem nenhuma escola que pode ensinar as letras e, ao mesmo tempo, ajudar a transformar as vidas, como acontece no PEPE”.

Andrés chegou ao primeiro ano acompanhado na sala por outras três crianças que também passaram pelo PEPE. No primeiro semestre, ele foi condecorado como o segundo melhor aluno da escola inteira. A professora ficou tão surpresa com os conhecimentos das quatro crianças, que respondem a qualquer pergunta que é feita dizendo com todo o orgulho que aprenderam no PEPE. A professora chamou a mãe de Andrés para conhecer o PEPE e saber o que é feito para que as crianças aprendam tanto em um ano.

Participe da campanha Joelhos Dobrados pelas Crianças, de 9 a 29 de outubro no portal de Missões Mundiais e em nossas mídias sociais. Não perca a oportunidade de mostrar ao mundo que somente o amor de Cristo é capaz de levar esperança também às crianças.

por Willy Rangel

ADOTE O PEPE INTERNACIONAL


2 respostas para “A criança, o PEPE e a família”

  1. Angélica Siqueira Eduardo Bernardo disse:

    Linda a história .

  2. Amarildo dos S. Dias disse:

    Boa Noite Irmãos!
    Todas palavras que vem de uma criança é muito importante, comove qualquer pessoa, que dirá uma mãe.
    Paz no Senhor a todos.

Comente o Artigo

O seu endereço de email não será publicado.