O país vive em alerta devido a ameaças de ataques terroristas. Igrejas evangélicas no país são pequenas. A França foi um dos países europeus que mais rapidamente sofreu a secularização, diminuindo a influência das igrejas. Os grandes desafios são a evangelização de muçulmanos, mais de 10% da população, a maior parte oriunda de ex-colônias africanas; pessoas que têm optado pelo esoterismo e jovens secularizados e sem esperança.

As igrejas são pequenas e não têm visão de contribuição, o que inviabiliza o sustento ministerial. Problemas com divisões de igrejas afetam o crescimento.

 

Adote este campo missionário.

Seja um voluntário neste campo.