O apóstolo Paulo anunciou o Evangelho na Albânia, na época chamada de Ilíria, como ele mesmo escreveu em Romanos 15.19. Quando caíram em poder dos turcos do Império Otomano, no século 15, os albaneses foram convertidos ao islamismo. Hoje, a maior parte da população de 3,2 milhões de habitantes é seguidora do islamismo (63,9%), o que torna o país um grande desafio missionário. O número de evangélicos é de apenas 1%.

Situada nos Bálcãs, península conhecida também como “barril de pólvora”, devido ao seu histórico de conflitos, depois da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), a Albânia viveu um regime comunista que isolou o país durante 40 anos. Atualmente, a Albânia é um dos países mais pobres da Europa.

 

Adote este campo missionário.

Seja um voluntário neste campo.